HOME SOBRE CONTATO FREEBIES CLIPPING

AS CORES NO ESCURO


15 maio 2017


Existem dias em que tudo parece ser difícil, em que não se tem vontade de nada, em que quer sair correndo e gritando, em que a esperança parece longe demais para ser encontrada. Dias em que as cores parecem sumir do mundo. Eu chamo esses dias de dias escuros.

Esses dias costumam serem longos, como se nunca fossem acabar, mas há muito o que se fazer neles. Pode parecer impossível, mas conforme vivemos a vida, podemos notar que nos piores dias é onde conseguimos ver a nossa força. Quando estamos sem esperança, mas, de uma hora para a outra, uma coisa que parece sem cor, volta a ser colorida. Quando corremos atrás da esperança e conseguimos agarra-lá.

É nesses dias, depois de chorar mais do achávamos possível - ou de termos vontade disso -, que notamos que somos fortes. É quando o choro cessa e tudo parece calmo, então uma paz toma conta de tudo, até o mundo parecer mais leve. Nesses dias, onde notamos que realmente devemos chorar quando precisarmos, até nós mesmos aliviarmos o que estava dentro de nós.

Existem cores incríveis nesse escuro. O mundo pode parecer cinza e difícil, mas ao olhar para um brinquedo antigo, uma borboleta que surgiu do nada, um bichinho ou até mesmo as nuvens ou livros, podemos ver algumas coisas que dão cor a ele. Coisas simples que resultam em uma esperança bonita.

Há algo muito saudável em olhar o próprio reflexo no espelho e pensar sobre si mesmo. Em dias sombrios, olhe no fundo dos próprios olhos, pense na sua personalidade, nas coisas que gosta - músicas, filmes, livros... -, no que te faz ser quem é, na sua força, na criança que era, e veja o quão incrível você é. Olhe para o seu cabelo e se não gostar do que vê, tente um novo corte, uma nova cor, algo que faça com que goste. Se gostar, deixe exatamente como está, e tenha em mente que gosta do que está vendo. Olhe para a boca, e pode passar uma cor nela, ou gostar de como ela está e deixar assim. Deixe os olhos para o fim,  tendo em mente que seus olhos mostram quem você é, demonstram tudo o que quer guardar para si mesmo ou compartilhar com o mundo.

Talvez não seja tão simples no inicio, aprender a gostar de si mesmo, mas isso vai se tornando fácil quando se aprende a notar todas as qualidades que te fazem ser único. Você é uma das cores no escuro.

Quando não estiver tendo um bom dia, ache suas cores no escuro. Ache coisas simples, coisas que gosta, animais pequenos, nuvens, livros. Ache a você mesmo e pense em você como se fosse alguém na sua frente, alguém que você ama e que se tornou seu melhor amigo. Seja, de verdade. Seus dias mais escuros podem se tornar o dia em que tudo ficou colorido.

4 comentários:

  1. Realmente tem dias que são mesmo escuros...e quando acontece isso comigo eu geralmente coloco o fone no ouvido e escuto minhas bandas favoritas bem alto.
    Tudo volta a ficar colorido e radiante!

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kézia!
    Realmente depois de chorar horrores, sempre vou atrás de alguma coisa que me alegre. Geralmente me distraio com séries.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  3. Oi Kézia, sua linda, tudo bem?
    O choro também tem esse efeito sobre mim. Quando estou triste ou até magoada, choro muito e depois parece que ao colocar tudo para fora, posso recomeçar. Mas engraçado, não vejo como um dia escuro. Na verdade, dias escuros de chuva são tão romãnticos, risos... Adorei o texto.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Adorei o texto, ficou muito bem escrito!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir

© Kézia Martins / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.